quarta-feira, 17 de junho de 2009

Livro de Haiku


Disse Casimiro de Brito, o maior escritor de poesia oriental (haiku) em Portugal e um dos cinco mais importantes e reconhecidos do mundo, que o livro "Poesia minimalista" é uma verdadeira orquestra sinfónica de poesia oriental, com as desafinações próprias, e inevitaveis, de uma orquestra em que intervêm vários instrumentos e executantes humanos.
Uma verdadeira homenagem ao haiku, orquestrada por um principiante (eu...).

Para mim, como poderão imaginar, não poderia ter recebido melhor elogio no passado dia 4 de Junho, aquando do lançamento do meu 13º livro. Número de sorte...para continuar!

Sintam-se à vontade para consultar o meu site http://www.abcruz.net/ e efectuar a encomenda. Acredito que não se arrependerão de ter na vossa mesinha de cabeceira este livrinho portátil no formato e grande no conteúdo.

Quem sabe se a próxima etapa não passa por uma publicação (em inglês e japonês) no país do sol nascente...

3 comentários:

Leonor disse...

Já li e gostei muito. A poesia existe nas coisas pequenas, nas palavras pequenas, na inocencia branca dos versos.Parabens, antonio

Natália Bonito disse...

Certamente, é um livro inebriante (mais um), que irei comprar. Infelizmente não pude ir ao lançamento dos livros, mas espero que haja outras apresentações, como tem sido apanágio noutras alturas (para os lados da FNAC, quiçá), que eu possa assistir. Desejo o maior sucesso para os livros...

Cumprimentos poéticos,

Natália Bonito

AnaMar (pseudónimo) disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Pareço as mulheres enganadas: sou a ultima a saber.
Beijossssssssssssssssssssssssssssss